Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diario de uma emigrante

Um blog, de auto-ajuda, criado para partilhar a minha experiencia de vida e o meu dia-a-dia. Contado na primeira pessoa, enquanto emigrante, na Republica da Irlanda, desde 2005.



Sexta-feira, 23.05.14

EU BERRO COM OS MEUS FILHOS!!!

Ontem li um artigo sobre as maes que gritam com os filhos.

Eu sou uma delas!!!

Sei que nao sou uma especie rara, nem unica, mas saber isso, nao me faz diferenca, porque a verdade e que estou aqui para falar de mim.

Eu sou uma mae que ate ha pouco tempo, acreditava que nao tinha paciencia, para ninguem, incluido os meus 3 filhos.

Talvez porque como estou afastada parcialmente da sociedade, nao tenho formas de comparacao.

Porem 3 amigos, recentemente, garantiram-me que essa minha ideia, e pura fantasia minha.

Na opiniao deles, eu tenho efectivamente uma enorme paciencia.

Expliquei-lhes que tenho a nocao que berro imenso com os meus 3 filhos. Coisa que me deixa profundamente triste, uma vez que eles sao exatamente aqueles, a quem eu nao devia descarregar as minhas frustacoes. E se bem que sei que acabamos por descarregar em quem mais gostamos, continuo a achar isso, profundamente injusto. Principalmente quando sao os que mais amamos, que deviam ser poupados a estes descarregar de sentimentos negativos e parvos.

Claro que faco um esforco gigantesco, para me controlar, muitas e muitas vezes.

Claro que no meu interior, sinto que pouco adianta, pois achava que fazia parte da minha personalidade e prontos!

Algo em mim, que detestava e que adorava mudar.

Mas isto era se soubesse como ou onde encontrar a formula magica.

Na verdade, tambem sabia que nao adiantava muito, tentar o auto-control, porque no fundo achava que era apenas prender ou segurar esse sentimento de estar prestes a explodir com o mundo, e que por sei la eu bem, acabava por descarregar neles.

Ainda assim eles mereciam e merecem esse esforco de auto-control.

Ontem julgo ter descoberto o porque de eu ser assim.

Descobrindo o porque, consigo identificar o problema e tentar, entao sim, muito mais facilmente corrigir-me.

Sendo assim, julgo ter encontrado a solucao para ele.

1-Percebi que grito com os meus filhos, quando estou bem no meio de mais que uma tarefa!!!

Ou seja, ser mae apenas, nao me stressa! 

Quando quero fazer mais que uma tarefa e que os berros vem. Quando tento ser mae, taxista, dona de casa, engomadeira, cozinheira, esposa, filha, tia, amiga, etc, entao sim, os berros vem.

2-Percebi que se eles espalharem os cereais bem no meio da minha cozinha limpinha; ou molharem o wc todo, bem na hora do banho; ou quiserem ir fazer um xixi, quando ja estamos atrasados e a sair porta fora, que sao em todos esses momentos, que os berros vem. Se eu fosse apenas mae, os berros nao vinham.

3-Percebi que se nesses momentos o que me faz berrar sao (aparentemente) os outros!!! Se eu nao stressar e mandar TUDO E TODOS a MERDA...os berros nao vem. Eu nao berro!

4- Percebi que se EU COLOCAR OS MEUS FILHOS A FRENTE DOS OUTROS (sejam eles avos, tios, primos, amigos, o medico, o dentista, a enfermeira, etc)  eu nao berro, porque eu nao vou stressar.

5-Percebi assim, que na minha tentativa de ser a ''menina'' perfeita (para nao chegar atrasada, ou ter o comer pronto a horas, ou ter a casa limpa, etc) passo a ser exatamente por isso, a mae imperfeita!

6-Percebi que esta ideia de perfeicao, nao e mais que o grau de exigencia, que os meus pais e/ ou ate a minha propria vida e existencia, me fizeram sentir quando eu era ainda muito jovem para tal.

7-Quando algo ou alguem exige demasiadamente de mim, chamo-lhe assim de perfeicao.

8-Acredito que tenho em mim, entao essa ideia, de perfeicao, pois no meu inconsciente, sei que a minha vida resume-se a isso, ou seja, a algo ou alguem que exige demasiadamente de mim, nesta vida.

9-Quem? Eu propria! Ou (quem sabe?) Deus!

Quero atingir a perfeicao e exijo de mim, enquanto ser priveligiado com vida, a nao desilusao de Deus, de mim mesma e...dos outros!

Exijo nada mais que o meu maximo, o meu melhor, o melhor que consigo!

10- Acredito, entao que descobri o meu caminho e a minha solucao, para parar de ser uma mae que grita!!!

11-Colocando-me em primeiro lugar e em segundo os meus filhos!

12-Nao posso e nunca mais esquecer-me de mandar TUDO E TODOS (OS OUTROS!!!) A MERDA!!!

13-Para me colocar em primeiro lugar, entao, preciso de ter AUTO-ESTIMA e GOSTAR EM PRIMEIRO LUGAR....DE MIM!!!

Assim, ja nao precisarei de tentar fazer um esforco sub-humano de auto-control.

14-Com a CORAGEM, dada pela auto-estima, o MEDO do que os outros vao pensar, quando os mandar, aquela parte, vai acabar por desaparecer naturalmente.

15-Se eles ficarem sentidos, ofendidos, isso sera um problemas deles....e eu terei apenas que lidar com as reacoes deles. Mas nao mais com o facto de eu berrar com os meus filhos.

16- Afinal e tudo uma questao de escolhas.

17-Coloco-me em primeiro lugar, os meus filhos em segundo e os outros (todos os outros!) em terceiro e/ou ultimo lugar.

18-Quanto maior for a minha auto-estima, menor serao as razoes que terei para berrar com os meus filhos.

19-Nao vou deixar de dizer que este preocupar com a opiniao dos outros, (no fundo) fazer prevalecer a voz dos outros, da sociedade em geral, em prol da minha, pode tambem ser uma tentativa de adaptacao a mesma, de aceitacao e validacao. Querer ser reconhecida pela minha mae, pelas minhas amigas, pelo meu marido, pelos meus filhos ate...de que eu sou capaz de lidar com toda esta loucura que e a minha vida de forma excepcional.

Pois....mas nao sou!!!

20-Aqui esta a falha de tamanha perfeicao!!! Eu berro com os meus filhos.

Mas nao por muito mais tempo...

Beijinhos de MIM.

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diario de uma emigrante às 14:29


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2014

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031