Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diario de uma emigrante

Um blog, de auto-ajuda, criado para partilhar a minha experiencia de vida e o meu dia-a-dia. Contado na primeira pessoa, enquanto emigrante, na Republica da Irlanda, desde 2005.



Quarta-feira, 17.07.13

Deixemos pois comparar

Quantas vezes nao ouvimos dizer que nao devemos comparar pessoas, criancas, vidas, acontecimentos, carros, casas, etc, etc, etc....
Imensas...
Mas a comparacao e inevitavel ao ser humano, tal como ele e hoje.
Ou pelo menos esta e a minha opiniao!
Por exemplo, mesmo ha centenas de anos, comparavam as pinturas de grandes artistas para a epoca com outros e so depois de morrerem muitos alcancaram o prestigio que mereciam ter tido em vida. Todos sabemos disto.
Comparavam portanto....
Como podemos dizer que este e bom ou mau se nao compararmos.
Muitas e muitas vezes a comparacao e inevitavel.
Nao digo sempre, atencao.
Comparamos a nossa casa com a do amigo. Comparamos o nosso carro com o do vizinho.
Desde que me lembro de ser gente ouco os meus pais compararem a vida de hoje com a de antigamente.
Como lavavam a roupa nos rios, sem maquinas de lavar roupa.
Comparavam, portanto.
Como a vida era sem luz, sem agua canalizada e sem saneamento.
Comparavam, portanto.
Compara-se algo, com o conceito que temos, como sendo bom ou melhor.
Temos um comparativo. Nao interessa de superioridade ou inferioridade.
Infelizmente o de igualdade nao e tao salientado como deveria, na minha modesta opiniao, mas creio que isso se deve a ''onda do portugues.... coitadinho''.
Se usamos um comparativo de superioridade, somos convencidos, com a mania de sermos os melhores. Se usamos o de inferioridade, somos humildes e muito boas pessoas.
Se demontramos que estamos bem, ha sempre quem se apresse a comentar, coisas do genero, ''ves, olha....aqueles e que estao bem...'' com um tom de voz pouco convincente, de que estao contentes por nos.
Se demontramos que estamos mal, passamos a ser os ''coitadinhos''....e de certa forma, as pessoas que estao ao nosso redor, ficam mais prontas a ajudar-nos.
Como dizia uma colega minha muito querida '' As pessoas gostam de serem enganadas''!
Dizia-me isto depois de estarmos a falar em casas alugadas.
Dizia-me entao, que enquanto nao pintou o seu apartamento , que estava para arrendar, nao conseguiu ninguem para o ocupar.
Tudo porque queria que as pessoas vissem com os seus olhos que as paredes nao tinham humidades.
Pois....adivinhem, apos uma pinturinha no dito apartamento, nao demorou nada ate o conseguir arrendar.
E sabes minha querida, essa frase ficou-me da cabeca...e verdade, tao verdade o que disseste.
''As pessoas gostam de serem enganadas!!!''
Vivem entao de ilusoes e sonhos, muitas e muitas vezes endividam-se porque descobriram isso mesmo.
Se as pessoas gostam de serem enganadas entao vamos la ajuda-las a sentirem -se bem e continuar a engana-las.
Vamos la gastar o que nao temos ou nao podemos e fazer os outros felizes.
Vamos la enganarmo-nos tambem e acreditar que somos felizes.
Pode ser que ninguem perceba.
Vamos la viver o dia a dia com todo o stress possivel, para nao termos tempo para pensar.
Ou ainda corremos o risco que os outros percebam, primeiro que nos, de como afinal enganamo-nos primeiro a nos e so depois aos outros.
Nao sei quem descobriu isto primeiro, se os publicitarios ou os politicos.
Mas eles perceberam bem esta frase, que ate entao, nunca tinha chamado a minha atencao.
E la volto eu as comparacoes.
Vejam la, entao, se no periodo eleitoral nao se comparam os candidatos.
Ou, se antes de comprar, qualquer que seja o produto, por norma nao se compara....
Somos facilmente enganados, para ao comparar escolhermos o que nos parece ser a melhor opcao.
Ensinam-nos demasiado sobre o comparativo de superioridade e inferioridade.
Deviam ensinar mais sobre o comparativo de igualdade.
Quando temos filhos aplicamos na pratica o que aprendemos.
E falta-nos o ensinamento do comparativo de igualdade.
Comparamos facilmente os nossos filhos com os dos vizinhos, os dos amigos...mas muito raramente usamos o termo ''o meu filho e tao lindo como o teu''; ou ''o meu filho e tao esparto e inteligente como o teu'' ou ''o meu filho e tao educado como o teu'' ou ''o meu filho e tao mimado como o teu''............
Bolas! Bolas! Bolas!
Vamos la parar de dizer que nao devemos comparar!
Devemos e podemos.
Deveria ser obrigatorio abrandar o ritmo das nossas vidas e tirar uma hora por dia para meditar sobre estas e outras questoes.
Vamos fazer um pouco de terapia e praticar comparacoes de igualdade.
Ate porque nascemos e morremos iguais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diario de uma emigrante às 13:54


1 comentário

De Anónimo a 20.08.2013 às 11:17

Uahhhh...quantas vezes sem querer....faço comparações....nem é por mal....somos assim...seres humanos

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2013

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031