Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diario de uma emigrante

Um blog, de auto-ajuda, criado para partilhar a minha experiencia de vida e o meu dia-a-dia. Contado na primeira pessoa, enquanto emigrante, na Republica da Irlanda, desde 2005.



Sábado, 07.09.13

O meu dia D.

O meu dia D., podia referir-se a muita coisa.

Refere-se ao meu dia da Despedida.

Mais uma vez... nao ha coincidencias!

Hoje, ao final de meses, se nao mesmo ja um ano, um familiar meu, muitissimo querido, aceitou a minha amizade no facebook. 

Estava na minha mesa de jantar, naquele que estava a ser, o jantar de Despedida.

Estava na minha casa, na minha mesa de jantar.

Lembro-me de ter feitos as malas, so com roupa pratica e versatil. Pouca coisa.

Afinal vinhamos para trabalhar.

Eu, por tempo indeterminado. O maridao, por apenas, 3 semanas.

Passados 8 anos, eu consegui o meu sonho. Ter 3 filhos e ser mae a tempo inteiro.

O maridao comecou, num armazem, que, por coincidencia, era a sua area.

Comecou, como um funcionario, temporario de armazem. Apenas, para nessas tais 3 semanas, de muito trabalho, ajudar, os outros funcionarios, que ja la trabalhavam. Depois acabava.

Foi, o que ele, sempre foi, bom trabalhador.

Foi, o que a meu ver, ele nunca tinha sido- audaz! 

Perguntou ao chefe se a empresa iria precisar de alguem. 

Acredito, cada vez mais, na minha vida, que a sorte premeia os que tem a audacia de nao desistirem!!!

Eles precisaram.

Continuou a trabalhar, na mesma empresa, sempre atraves de uma agencia de trabalho, como eu tambem estava.

No ano seguinte, a 21 de Agosto (que coincidencia, ou nao...nos anos da minha mae!) a oportunidade surgiu e ele agarrou-a. Contra todas as probabilidades, concorreu e passou a Chefe de Armazem, ou, como aqui se intitula ''Team Leader''. Ja , entao, com contrato pela empresa.

Eu, um ano e meio depois, concorri ao Departamento da Qualidade, da minha empresa e consegui a promocao. Fui a primeira estrangeira a entrar para o Departamento da Qualidade, de uma grande empresa multinacional, no ramo da farmaceutica. Ate ai tinha estado na producao de agulhas para cirurgias.

Ha 2 anos e meio despedi-me.

O maridao foi promovido a ''Manager de Armazem'' no inicio deste ano.

Ao final de dois anos aqui na Irlanda, compramos uma moradia de res-do-chao e primeiro andar, com um pequeno jardim na frente e outro nas traseiras da casa. Ao pe da praia, da nossa praia (como lhe chamamos).

Mantemos, ate hoje, o nosso pequeno apartamento, com o meu apaixonado terraco, na Maia.

Tivemos que dar o Oscar (o nosso cao), mas, ja fez 4 anos, que fomos buscar o Mozart, o nosso Labrador.

Viemos com o nosso ''bolinhas verde'', o Fiat Punto.

Hoje temos uma ''bolinhas azul'' para o maridao fazer 88 km todos os dias e o minha Megane, o nosso carro familiar.

Hoje em vez de um, temos 3 filhos. O Joao com 14 anos, o Tomas com 3 e o Rafael com 18 meses.

Hoje temos um filho enterrado na Irlanda e outro em Portugal.

Hoje temos o que sempre desejamos, nos nossos mais intimos e loucos sonhos.

Hoje preferimos viver com menos e semos mais!!!

Hoje nao temos amigos na Irlanda.

Hoje a nossa familia de sangue e de coracao esta, quase, toda em Portugal.

Hoje vamos tendo os amigos mais proximo, devido a esta coisa que se chama ''Facebook''.

Aprendi que afinal, so estou a distancia de um clique...dos meus amigos e da minha familia.

Hoje faz 8 anos que nos Despedimos de Portugal e de uma vida inteira, tal como a conheciamos, ate entao.

Hoje faz 8 anos que deixamos o Joao Pedro com 6 aninhos, na altura, aos cuidados dos avos maternos.

Lembro-me desse momento melhor que tudo o resto.

Lembro-me dos berros dele, a implorar para nao irmos embora. Para nao o deixarmos.

Lembro-me de estar sentado, numa cadeira enorme, para o seu tamanho, era a cadeira de escritorio.

Os seus pezitos, ainda nao chegavam ao chao. A cadeira parecia tao grande,  que tornava-o, aos meus olhos, ainda mais pequenino e indefeso.

O meu menino!

''O mae, por favor, nao vas!!!''- berrava em pleno desespero. Como se isso, desta vez, fosse ou pudesse mudar alguma coisa.

O meu coracao, apertava como nunca. Ainda agora ao tentar descrever, pela primeira vez, em 8 anos, o que senti, as lagrimas correrm-me pela cara abaixo e o coracao e o peito apertam.

Ele nao me deu um beijo de despedida. Eu beijeio-o e virei costas. Nao aguentei mais os berros. Nao consegui acalma-lo. Nem me lembro se tentei. So me lembro de pensar que se o abracasse, nao iria mais sair dali. Nunca mais. E eu tinha de ser forte. Uma vez mais... por todos. Os meus pais assistiam aquela cena. Parecia ter sido tirada de um filme da vida real de alguem. Mas nao. Estava mesmo a acontecer.

O maridao tambem nao conseguiu ouvir os berros, acabando, assim, por nem se despedir dele.

Acho que sentiu o mesmo que eu...

Se tivesse ficado, nao teria conseguido partir.

Foi a guiar ate Vila Real, sem dizer uma unica palavra. A unica coisa que quebrava o silencio daquela viagem, dentro daquele carro, era o seu solucar.

So voltamos a ver, o nosso bebe de 6 aninhos, no dia 23 de Dezembro, desse ano.

Mais de 3 meses depois.

Perdemos o seu primeiro dia de aulas, em Portugal.

Demos-lhe um novo, aqui na Irlanda.

Ganhamos ou tentamos ganhar uma vida nova.

Se estamos arrependidos????

Nao!!! Estamos gratos!!!

Muito e imensamente gratos, por termos conseguido chegar ate aqui.

Da forma como conseguimos, mesmo com alguns precalcos penosos, pelo meio.

Estou orgulhosa de nos 5 como familia.

Porque estamos sempre aqui uns para os outros, como uma verdadeira e feliz familia.

Obrigada aos meus amigos e a minha familia. Por estarem ai, quando e sempre que precisamos de vos.

E claro...

Obrigada meu Deus!!!

 

PS. Nao posso deixar de referir que trabalhamos ambos muitissimo.

O maridao ainda tem dias que trabalha 14 e 16 horas seguidas. Chegou a trabalhar 21 horas seguidas.

Eu lembro-me de ter chagado a trabalhar 21 dias seguidos, 12 horas por dia. Ao 21 dia, ja nao andava, arrastava-me!!!

Beijinhos de MIM

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diario de uma emigrante às 15:34


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930