Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diario de uma emigrante

Um blog, de auto-ajuda, criado para partilhar a minha experiencia de vida e o meu dia-a-dia. Contado na primeira pessoa, enquanto emigrante, na Republica da Irlanda, desde 2005.



Quarta-feira, 11.09.13

A Gaiola Dourada!- pelos meus olhos.

-''Peeedro Henrrrrriiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiquesssssssssssssssss''

Mas tambem, podia muito bem, ter sido Joaoooooo Peeeeeeeeeeeeeeeeeeeeedrooooooooooooooooooooo.

E  ''A Gaiola Dourada'' continuava igualmente a retratar, de uma forma excelente, uma familia de emigrantes, portugueses, na Franca.

E na Irlanda, tambem.

Infelizmente, o assunto esta novamente na ordem do dia.

A nova fornada de emigrantes portugueses.

Desta vez, ja nao sao, exclusivamente, as familias da classe baixa, sem muitos estudos, que estao a emigrar. Desta vez, essa classe baixa, que passou uma vida de trabalho duro, em Portugal, reuniu esforcos e deu estudos aos filhos, para evitarem o desemprego e o trabalho arduo. Para evitarem a emigracao.

Investiram nos filhos. Investiram na educacao deles.

Desta vez, nesta nova onda de emigrantes, esses filhos tambem estao a ir para fora.

Afinal, e o nosso PM, que os mandou emigrar. Ca para mim, ele devia dar-lhes o exemplo, e ir tambem. Mas isto sou so eu. E melhor eu estar caladinha, ou ainda me vem ca prender. Ou sera que so se eu o mandasse trabalhar e que me vinham ca buscar? Tenho de pensar bem nisso. No final de contas e a mesma coisa. Emigrar e sinonimo de trabalhar muito. Bem que ele podia emigrar....

Mas, tal como no filme, o nosso PM, pertence certamente, a mesma geracao retratada. A geracao do ''olha para o que eu digo e nao olhes para o que eu faco''.  

Se ele fizesse para dar o exemplo, ai sim, todos iriam perceber. Mas, e realmente, uma pena, que so emigram depois de sairem de la.....

Portugal e os portugueses ainda nao perceberam que nos fazemos o que vemos e ouvimos eles fazerem, e entenda-se eles... como os politicos??

Voltando ao filme...

Gostei, ri e chorei.

Levanta na verdade, a meu ver, algumas questoes interessantes.

Como e o caso da submissao de uma classe baixa, trabalhadora, portuguesa. Que vai permitindo tudo de todos, sem saber dizer um nao, na altura certa.

Agora, vejo que, e essa classe que fica, em Portugal, e a que da mais jeito a classe politica. Ja que nao sabem dizer nao e vao-se submetendo a tudo.

Levanta a questao da vergonha dos filhos em relacao os pais.

Filhos que cedo percebem que alguma coisa nao esta correcta. Em que a vergonha que sentem dos pais, a meu ver, se deve ao facto da tal submissao. Pais que agem de forma a que as familias economicamente mais favorecidas tenham o dom da razao e da verdade. Em que nao lutam pela igualdade de direitos, que tantas vezes ouvem nas escolas falar.

As coisas podem tornam-se confusas, quando nos ensinam algo e nos mostram o contrario.

Ca em casa o filme levantou ainda uma outra questao. Para alguns dos meus amigos, nao e novidade, as conversas sobre o nosso tao desejado regresso.

A verdade, como ja repararam, os seguidores deste blog, e que nao e facil, pensar no regresso.

Uma coisa, e a vontade de ir; outra o querer.

Temos vontade que sobra, de ir embora.

Se queremos? Claro, mas, tal como no filme, com a nossa casa, paga.

E mesmo assim, vamos?

A verdade e que a resposta e esta questao, nao sabemos.

Ha falta de emprego. O que nos faz retrair imenso.

Mas sabemos, como, tambem, retrata o filme, que a possibilidade de os filhos, depois, nao quererem ir e grande. Muito grande. Principalmente o J.P.!

Ja tem 14 anos, daqui a 3/4 anos entra, na universidade. Comecando a namorar, podera ser um problema.

Evidentemente, que pensamos nisto tudo.

Nao fossemos nos, tambem, emigrantes.

Por isso, sim gostei do filme.

Do filme do momento.

So acho e que lhe podiam ter chamado de gaiola azul....era mais giro, eu ca gosto mais da cor. ihihihhh

Beijinhos de Mim.

 

PS. Gaiola...da uma ilusao, a quem esta do lado de dentro de ser livre...

Uma falsa liberdade. E eu pergunto ate onde os portugueses serao livres....

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diario de uma emigrante às 13:47


1 comentário

De Anónimo a 11.09.2013 às 15:47

Pois.......os portugueses nao sao livres....porque a liberdade é ilusória. ...e os portugueses que estao la a lutar contra o sistema. ....sao de dar valor...eles sim sao de louvar....remar contra este sistema de merda..é preciso ter coragem. ...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930