Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diario de uma emigrante

Um blog, de auto-ajuda, criado para partilhar a minha experiencia de vida e o meu dia-a-dia. Contado na primeira pessoa, enquanto emigrante, na Republica da Irlanda, desde 2005.



Quinta-feira, 29.08.13

Mimi (parte II)

Eu visitei a Mimi!

Prontos, ja esta! Esta dito!

A Mimi, para quem nao segue este blog, e uma menina, de agora 4 aninhos (feitos a 4 de Maio) que descobriu, ser portadora de Leucemia, com apenas, 20 meses de idade.

Senti uma quimica imediata e inexplicavel, atraves da fotografia da menina revelada, no facebook. Uma foto para mim nao e apenas uma foto. E mais do que isso.

Ao longo do tempo, percebi que a minha ligacao, com esta menina era diferente, de outras criancas, nas mesmas circunstancias. Ja aqui escrevi sobre isso.

A minha visita ocorreu durante as minhas ferias.

So meia duzia de pessoas sabem dessa visita.

Sei que tenho amigos que seguiam e ainda seguem a pagina da menina.

A Mimi esta agora em recuperacao, depois de se ter encontrado um dador compativel.

Fi-lo por mim!

Nao vou florear uma historia para agradar, ficar bem na fofografia ou dizer coisas que nao correspondem a verdade.

Estou numa fase da minha vida, em que, quanto mais profundamente me conheco, mais intrigada fico a cerca de algumas das minhas capacidades. Algo que me espanta a mim mesma, enquanto ser humano. O chamado sexto sentido, chamemos-lhe assim.

Quase que havia pressentido o que iria acontecer a Mimi e quando! E deixei-o bem presente aqui, neste blog. 

A verdade e que a medida que este tipo de situacoes vai acontecendo na minha vida, eu propria vou-me (permitam-me a expressao) ''passando'' um bocadinho. Ou, por vezes, muito.

No caso da Mimi....muito. Por muitos motivos.

Tinha ajudado esta menina de varias formas, que nao vou aqui mencionar, ate porque todos os meus amigos sabem como eu sou.

Mas havia pormenores que passaram e passam, certamente, ao lado de muitas pessoas, que acompanham, tambem como eu, a historia desta menina. Pormenores que para mim faziam e fazem, sempre, toda a diferenca.

Foram os pormenores que me levaram, a sair da linha de producao e conseguir entrar no departamento da qualidade, na empresa onde trabalhei. Sou boa com pormenores. Muito boa. Se calhar, infelizmente... boa demais, no que toca a pormenores. Acredito que e uma caracteristica, da minha personalidade, que esta relacionada, com a minha mania de perfeccionismo.

Queria, nao acreditar no que estava a interpretar, nos promenores. Nao queria acreditar nas minhas capacidades de ler os pormenores. Nao queria pensar no que estava a pensar. Nao queria mesmo. Queria perceber, se as minhas suspeitas, estavam correctas acerca da historia desta menina.

E, foi por isso mesmo, que fiz questao de, apos ter sido convidada, aceitar o convite e ir visita-la. Esperava conseguir ''SENTIR'' se as minhas duvidas e suspeitas estavam certas ou erradas. E consegui.

Lamento dizer que estavam praticamente todas certas. Bolas!!!

Claro, que nao vou esclarecer que situacoes estou a falar. Ate porque nao interessa para este blog. E nao gosto de pensar, nem falar de coisas menos boas. Vamos so pensar nas partes boas!

Posso dizer que tive muitas surpesas igualmente agradaveis e que continua a ser o que quero guadar dessa visita.

Conheci pessoas simples e modestas. Com um enorme coracao. Que me levaram para as suas casas e me ofereceram o melhor ''bacalhau com natas'' que ja comi na minha vida e o melhor pudim. Pessoas que me falaram da Mimi e da sua historia. Pessoas que me mostraram a sua historia. Conheci realmente pessoas excelentes.

Evidente que estava nervosa com toda a situacao. Estava a sentir um misto de emocoes. Mas fui sempre eu propria. Sempre. Permitiram-me a possibilidade de poder dar a minha opiniao, em muitos aspectos, a medida que iamos conversando. Mesmo quando percebi que nao estavam a gostar. Mesmo nas brincadeiras com a Mimi. Fui sempre eu.Fui muito sincera. Chorei. Ri. Eu mesma, como todos os amigos me conhecem.

Agora sinto que e tempo de me desprender. De deixar a Mimi fazer o que ela mais gosta-BRINCAR. De uma vez por todas, ser uma crianca como todas as outras. Normal.

SINTO que ja fiz a minha parte.

Desejo-lhe o melhor do mundo e da vida.

Ela ja nao precisa de mim.

Ela esta a recuperar e eu SEI que ela vai ficar bem de saude.

O resto ja nao quero ver.

E esta e a verdade!

O futuro a Deus pertence...

E ai Deus...como eu queria estar enganada, desta vez.

So desta vez...(como as vezes, acontece... e me sinto mais humana e menos estranha!) 

Sem perguntas.

Sem respostas.

Beijinhos de Mim

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diario de uma emigrante às 14:01


4 comentários

De Anónimo a 29.08.2013 às 19:50

Estranho. ...hoje não tenho comentário....não me sai nada da cabeça para escrever....estou confusa....tenho pena que com a tua visita a nossa princesa. ..as tuas ..nossas..dúvidas ficaram confirmadas....eu não precisei de la ir...infelizmente

De Diario de uma emigrante a 29.08.2013 às 22:18

Acredites ou nao, so agora li o teu comentario.....espero que ja nao estejas tao confusa. <3 Beijinhos Amiga....love you.

De Dulce a 29.08.2013 às 15:58

Desprender?!!!!acho pouco possivel ......;)bj

De Diario de uma emigrante a 29.08.2013 às 17:03

Beijinhos ...nao ache!!! ;) E o meu jeito de nao sofrer.... o meu jeito de ser...;) Walk away....

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2013

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031