Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diario de uma emigrante

Um blog, de auto-ajuda, criado para partilhar a minha experiencia de vida e o meu dia-a-dia. Contado na primeira pessoa, enquanto emigrante, na Republica da Irlanda, desde 2005.



Terça-feira, 27.08.13

Primeiro dia de escola e pre-escola!

O Tomas foi para a Pre-escola! Hoje foi o primeiro dia!

Eram umas ja, tardias, 7.43 a.m., para o habitual ca de casa.

''Mama...vamos acordar o Joao para irmos para a escolinha!''-comecou desta forma o dia.

O Joao entrou as 8.50h., e sendo dia de apesentacao, saiu as 10.50h.

O Tomas entrou as 9.20h. e saiu as 10.20h.

Por isso, hoje, foi uma especie de corre, corre.

Nao foi necessario fazer lanches, para nenhum, dos dois.

Amanha, o J.P. esta em casa e regressa em forca, ja na Quinta-feira. Com o horario das 8.50h., as 3.50h., com, excepcao, das Quartas-feiras que nao tem aulas de tarde.

Na escola do J.P., nao ha cantina, da forma, como nos a conhecemos, em Portugal.

Tem sopas. Daquelas que compramos nos supermercados, em embalagens de papel. Nao das outras!!!

Tem fatias de pizza. Tem massa com molho de tomate.

Acho que ja deu para perceber, que tipo de cantina estou a falar.

Aquele tipo, que poe os miudos redondos, em dois tempos.

Por isso, faco o lanche do J.P. todos os dias, de manhazinha. Antes de ele sair de casa, por volta das 7.55h. para apanhar o autocarro da escola, mesmo ao sair da urbanizacao.

Diz ele que tem muita sorte, ja que so um ou dois, dos amigos dele, tem maes que fazem os mesmo.

Todos os outros levam dinheiro, ou, sao eles proprios a fazerem os seus lanches. Nao e de estranhar, entao, como falam facilmente, das sandes dele, tao variadas.

Faco uma lista semanal para as sandes dele, tambem. Nao acho que seja necessario ele levar pao de forma com queijo e fiambre todos os dias.

A saude e o bem estar dos meus 3 filhos, estao, em primeiro lugar, ca em casa.

Comprei a minha actifry, acreditem ou nao, a pensar exclusivamente, no J.P. Na altura, a unica coisa que sabia, era que nao necessitava de oleo nenhum, para fritar as batatas pre-fritas. E para o resto (sem ser congelado), apenas uma ou duas colheres de sopa de azeite. So depois fui aprendendo a tirar partido, de todas as capacidades desta ''maravilha''.

Compro pao especial a pensar no J.P.. Ha anos que o faco. Com o problema dele, percebi, mesmo antes de ter um diagnostico, que seria a unica forma de ele perder e nao ganhar mais peso.

Contar as calorias!

Cada fatia, de pao de forma, tem entre 95 e 135 calorias! Ora, uma sande e composta por duas fatias! Estamos a falar entre 200 a 270 calorias, so, em pao!!! Mais... uma fatia de queijo tem pelo menos 75 e uma de fiambre 11.

Arranjei alternativas de pao.

O pao de hamburguer tem umas 135 calorias. O que me possibilita reduzir para metade as calorias, numa sande. O pao de tortilha tem tambem umas 135 calorias. Arranjei, tambem, um pao de forma, de pao preto, com 46 calorias por fatia. E tudo isto, sem sair, absolutamente nada, do orcamento familiar. Depois e tentar aproveitar o jantar do dia anterior sendo frango, esfio um pouco de frango. Sendo carne picada, coloco logo de lado umas 3 colheres de sopa de carne, ja a pensar nas sandes dele. Quando nao tenho nada, coloco uns douradinhos por 12 minutos na actifry ;ou cozo um ovo em 5 minutos; ou levo um ovo batido ao microondas e deixo uns 40 segundos. Com uma folha de alface nao da para errar.

Ele leva duas sandes, refresco de groselha de laranja, de ananas, etc, uma maca ou uma pera e cereais num saquinho plastico de zip, para comer assim, sem leite.

Muito de longe a longe mando-lhe um miminho...um pacote de batatas fritas pequenino ou um pacote de bolachas oreo. ihiiihi E ele fica super contente! Se ele levasse isso todos os dias, estaria redondo e ja nao acharia nada de especial.

Comparo isto, as criancas que tem brinquedos durante o ano todo. Chegam ao Natal e aos anos, e na verdade, e so mais um dia do ano, em que receberao mais um presente. Ja estao, de tal forma, habituadas a receber fora dessas datas, que deixam de valorizar o brinquedo e a propria data.

Nao e assim que as coisas ca em casa funcionam. Esses tempos de leviandade parental, ja passaram.

Queremos que os nossos filhos valorizem tudo o que tem.

O Tomas tambem vai levar um lanchinho pequenino.

Como gosta de fruta variada, ao contrario do J.P., sera um pouco mais facil. Levara, entao, a fruta, o seu cantil de agua e duas bolachinhas.

O papa foi mais tarde trabalhar. Ficou com o Rafael, enquanto eu fui com o Tomas. Tinha falado com a professora que amavelmente me disse que dada as circunstancias do Tomas em particular, eu poderia ficar ate ele ficar contente e calmo com a minha ausencia.

Todos os pais entregaram os seus filhos e partiram. Alguns ficaram a espreita, pelas janelas, por alguns minutos. Mas acabarm por irem embora.

Ao final de 30 minutos eu continuava la dentro sem que ele me deixasse ir embora. Ele nao estava com pressa e eu tambem nao.

Nao me importei nadinha com a atitude dos outros pais. Nem ele. Afinal, nao eram eles que iam deixar os bebes deles num sitio, em que nao entenderiam, nem uma unca palavra, do que o bebe deles, eventualmente dissesse.

Mas achei por bem tentar deixa-lo um pouco com as professoras e os novos amiguinhos.

Senti-o calmo e em paz.

Aproveitei a sua inocencia em seu proprio beneficio (aos meus olhos) e perguntei-lhe se ele queria que eu fosse a casa, buscar o Rafa, e que de seguida iriamos buscar todos (os 3) o J.P.. Disse-me que sim, entusiasmadissimo do irmao mais novo, ver a escolinha nova dele.

Assim fiz. Voltei a casa (que fica a uns 4 minutos de carro) e o papa foi trabalhar.

Quando o fui buscar com o Rafael, percebeu que a mama foi mesmo buscar o Rafael, que nao tinha demorado e que iamos mesmo buscar o J.P.

Acho fundamental que jamais se minta a uma crianca!

-''Entao, brincaste muito?''perguntei.

-''Brinquei com a Jane, com a Catrina (as professoras) e com os meninos!'' respondeu ele ( sem eu nunca falar em nomes). So lhe tinha dito o nome das professoras, quando lhe mostrei o W.C. e lhe disse para as chamar, no caso de ele querer limpar o rabinho.

-''Amanha vamos outra vez, para a escolinha?'' perguntei.

-''Sim, mama, amanha levas-me outra vez no carro do papa a escolinha?''

-''Sim, amanha, a mama leva-te outra vez, a escolinha, so que no carro da mama, que assim o Rafa tambem vai...''

Claro que ficou todo entusiasmado com a ideia do Rafa o ir levar a escola...amanha.

Beijinhos de mim

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diario de uma emigrante às 13:55


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2013

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031